Dos plazas gratuitas para el Workshop “O corpo da máscara” en Fundão

 Del 15 al 19 de agosto se celebrará en Fundão (Portugal), el Workshop  “O CORPO DA MÁSCARA” con  Sofia Cabrita, actriz, directora, locutora y profesora.   Está organizado por Este Estaçao Teatral, organizadores de la Feria Ibérica de Teatro de Fundão

Se trata de una formación destinada a actores/actrices; directores/as y  estudiantes de artes escénicas.  El número de plazas son 12.   Desde la organización ofrecen alojamiento en casa compartida así como comidas y cenas para las personas inscritas durante los días de la formación. 

Gracias al convenio suscrito por AGCEX y CEMART con la Feria Ibérica de Teatro, desde la organización nos ofrecen dos plazas gratuitas para aquellos profesionales o estudiantes extremeños del sector que quieran asistir. Para ello deberán cumplimentar la hoja de inscripción disponible en el siguiente enlace INSCRIÇÃO_1 (2) y mandarla a este.prod@gmail.com antes del 9 de agosto de 2022. 

Más información en el siguiente enlace LAVARIA 3.0_ APRESENTAÇÃO

Os dejamos la información en Portugués:

SINOPSE
Existem infinitas técnicas para um corpo mascarado, tantas quantas possibilidades do objeto
máscara. Contudo, podemos encontrar um chão comum que parte de elementos técnicos e
expressivos a que chamamos “corpo de máscara”.
A máscara não esconde, mas revela e amplia
aquele que a usa (ou aquilo que quem a usa quer que se veja), e é sempre impessoal porque evoca
para além do corpo. A máscara desumaniza ao mesmo tempo que nos aproxima paradoxalmente
da nossa verdadeira natureza tragicómica.
Do universal ao particular, iremos abordar a máscara no teatro a partir dos conceitos técnica,
forma, jogo e tradição. As máscaras que vamos explorar, assentam numa proposta pessoal
artística, ritual e pedagógica, capaz de gerar novos modos de criação teatral, novas abordagens
ao trabalho do ator e uma reflexão sobre o objeto máscara como mediador.


CONTEUDOS
. A máscara neutra: a procura do fundo poético comum, a análise do movimento, o corpo em jogo,
o espaço, o silêncio.
. A máscara intermédia: o rosto coberto que revela, o início do corpo de máscara, a relação com o
público, a plasticidade, a mise-en-forme no espaço.
. Máscara expressiva: técnica e forma, o corpo de máscara, improvisação

 

SOFIA CABRITA

Atriz, encenadora, locutora e professora, desenvolve o seu trabalho artístico no âmbito da criação de espetáculos a
partir de pessoas, histórias e lugares, usando as máscaras e os objetos como mediadores destes espetáculosencontro. Pós-graduada em Comunicação e Artes pela FCSH, formada pelas escolas de Teatro do Gesto Estudis de Teatre (Barcelona) e Kíklos-Scuola Internazionale di Creazione Teatrale (Pádua) e licenciada em Formação de Atores-Encenadores pela ESTC. Encenou e colaborou com várias Companhias de teatro e criadores – Fernando Mota,
Miguel Castro Caldas, Miguel Maia, Companhia do Chapitô, Sara Franqueira, BAAL17, ESTE-Estação Teatral da Beira Interior, Rogério Lopes (BR), Martin Joab, Madalena Marques, João Lourenço, entre outros. Faz parte de um coletivo de pesquisa e criação de espetáculos documentais, usando a linguagem da máscara e dos objetos: Casear Criação de documentos Teatrais. Apresentou criações em Espanha, Itália, Venezuela e Brasil. Leciona Teatro do Gesto e Máscaras desde 2003 no ensino artístico superior (ESTC, ESMAE, ESAD CR, Un. Évora e ESTAL), ensino profissional e em escolas de ensino não formal. Foi bolseira da DGARTES no Brasil, num projeto de teatro de máscaras e pesquisa em tempo real, com Rogério Lopes. Foi aluna de Donato Sartori, no Seminário Internazionale – L´Arte della Maschera, em Abano. Enquanto arte-educadora, colabora com o Serviço do Museu Gulbenkian desde 2012 e tem estado ligada a vários projetos de formação sobre práticas artísticas aplicadas a contextos não artísticos. Colabora como formadora de mediadores com a EGEAC, DMC e Plano Nacional das Artes. Foi a responsável artística do projeto de teatro e literacia, no Conselho Português para os Refugiados (CPR) – PARTIS I e colabora atualmente no PARTIS III com o Projeto Lado P, no Estabelecimento Prisional de Caxias.

 

 

Organizan:

Asociación de Gestoras y Gestores Culturales de Extremadura
Consejería Cultura, Turismo y Deportes. Junta de Extremadura
Logo Oc Cemart

Colaboran:

Diputación de Cáceres
Diputación de Badajoz
AVANTE
Gran Teatro de Cáceres
Ayuntamiento de Cáceres
Escuela Superior de Arte Dramático de Extremadura
Centro de Língua Portuguesa do Instituto Camões
Observatorio Extremeño de la Cultura
Feira Ibérica. Teatro de Agosto de Fundao
COFAE. Coordinadora de Ferias de Artes Escénicas del Estado Español